As desigualdades de acesso à Educação Superior:

os estudantes da Universidade Católica do Salvador (UCSal), comparativamente com o Nordeste e o Brasil

Autores

  • Antônio Alberto Silva Freitas Universidade Católica do Salvador
  • Maurício da Silva Ferreira Universidade Católica de Salvador

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v43i156.117

Resumo

Analisa-se, neste artigo, o perfil socioeconômico e cultural dos estudantes da Universidade Católica do Salvador (UCSal), que ingressaram no primeiro semestre de 2017  e, com base em algumas variáveis sócio demográficas  como gênero, idade, etnia, renda familiar, escolaridade dos pais e escola básica de origem, faz-se uma comparação do perfil dos  alunos da UCSal  com  o perfil dos alunos do Nordeste e do Brasil, tomando como referência os resultados e indicadores do ENADE, e  analisa-se a influência dessas variáveis no acesso e permanência dos estudantes no Ensino Superior.

Biografia do Autor

Antônio Alberto Silva Freitas, Universidade Católica do Salvador

Graduação em Letras pela Universidade Federal da Bahia, graduação em Pedagogia pela Universidade Católica do Salvador, especialização em Administração Escolar pela Universidade Católica de Pernambuco, mestrado em Educação pela Universidade Federal da Bahia e doutorado em Educação pela mesma Universidade. É professor de Pedagogia e coordenador da área de Avaliação Institucional da Universidade Católica do Salvador - UCSal. E-mail: a.albertofreitas@hotmail.com

Maurício da Silva Ferreira, Universidade Católica de Salvador

Graduação em Filosofia e Teologia, Mestrado em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Gregoriana e Doutorado em Teologia pela mesma Universidade. É Reitor da Universidade Católica do Salvador - UCSal. 

Arquivos adicionais

Publicado

2018-09-17

Como Citar

Freitas, A. A. S., & Ferreira, M. da S. (2018). As desigualdades de acesso à Educação Superior:: os estudantes da Universidade Católica do Salvador (UCSal), comparativamente com o Nordeste e o Brasil. Revista De Educação ANEC, 43(156), 87-109. https://doi.org/10.22560/reanec.v43i156.117

Edição

Seção

Artigos de demanda contínua