Escola Católica:

Ensino Religioso e BNCC

  • Sergio Rogério Junqueira Instituto de Pesquisa e Formação Educação e Religião (IPFER) - Curitiba/PR
  • Sonia Itoz IPFER
Palavras-chave: Ensino religioso. Escola católica. Identidade. Missão.

Resumo

Está na identidade e na natureza de existir e ser da escola católica buscar uma síntese entre cultura e fé. A expressão da Identidade da escola católica se coloca como missão de entendimento da razão e da fé presentes na vida, na cultura e na história da humanidade. Ao trabalhar com objetos de conhecimento a escola católica apresenta valores a assimilar, mas também verdades a descobrir. Razão esta e pela qual o ambiente da escola católica deve ser caracterizado pela academicidade, o que exige educadores competentes, convictos, coerentes e comprometidos com a missão de educar evangelizando e evangelizar educando. A escola católica está a serviço do conjunto da sociedade e como instância crítica, com intencionalidade e determinação, deve estar presente, participar e atuar nas situações, nos espaços socioculturais e ser promotora de uma comunidade que seja expressão eclesial. Para isso, deve promover um diálogo sereno e construtivo de colaboração e de respeito mútuo, como reconhecimento recíproco da própria missão, no serviço educativo aos direitos fundamentais da pessoa. O que quer dizer que, como comunidade educativa, só pode se constituir pelo encontro e pela colaboração das presenças de alunos, pais, professores, colaboradores e gestores. Por esta razão, na escola católica, as relações pessoais são de autêntica reciprocidade, de atitudes coerentes e de comportamentos humanizantes. Imbricam-se, assim, conhecimentos com atitudes e posturas, para promover um modelo cristão de pessoa.

Biografia do Autor

Sergio Rogério Junqueira, Instituto de Pesquisa e Formação Educação e Religião (IPFER) - Curitiba/PR

Professor livre-docente (2012) e pós-doutor (2010) em Ciência da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Pós-doutorado em Geografia da Religião pela Universidade Federal do Paraná (Bolsista CAPES - 2018). Professor titular da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2008). Doutor (2000) e Mestre (1996) em Ciências da Educação pela Univeristá Pontifícia Salesiana (Roma - Itália). Licenciatura em Pedagogia pela Universidade de Uberaba (1990). Bacharel em Ciências Religiosas pelo Instituto Superior de Ciências Religiosas (1987). Pesquisador colaborador do LEER da Universidade Estadual de Londrina. É consultor e orientador em Educação e Religião. Líder do Grupo de Pesquisa Educação e Religião (GPER).

Sonia Itoz, IPFER

Mestre em Educação (1993) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Graduação em Filosofia (1990) pela FAI. Graduação em Teologia pela Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assumpção (1990). Membro e pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Formação Educação e Religião (IPFER). Assessora, palestrante, escritora e autora de artigos e de livros didáticos de Ensino Religioso e Pastoral Escolar. Coordenadora do Departamento de Estudos Filosóficos, Sociológicos e Ensino Religioso e de Pastoral Escolar do Colégio Emilie de Villeneuve/SP.

Publicado
2019-07-25
Como Citar
Junqueira, S. R., & Itoz, S. (2019). Escola Católica:. Revista De Educação ANEC, 45(158), 12-27. https://doi.org/10.22560/reanec.v45i158.178