O professor entusiasmado

deslindando o DNA de uma espécie em extinção

  • Sonia Carvalho Leme Moura Véras Instituto Federal de Brasília
  • Cristiane Faiad de Moura Universidade de Brasília
  • Jaqueline Fonseca Rodrigues
  • Tatiana Moreira Universidade de Brasília
  • José Florêncio Universidade de Brasília
Palavras-chave: Entusiasmo docente.  Gestos.  Professores universitários.

Resumo

O estudo do entusiasmo docente, cuja origem se situa aproximadamente na década de 1950, pôs em destaque os gestos como um indicador daquele construto. Neste texto, revisamos estudos  categorizados como experimentais e ex post facto, os quais se propõem dar contornos ao construto entusiasmo docente. Por outro lado, modificando o curso de exploração sobre o entusiasmo docente, procuramos estabelecer a proposição, segundo a qual, o entusiasmo manifesto por professores universitários deve ser visto como tendo sua origem nas camadas profundas da natureza humana e não na exterioridade do gesto. Nosso posicionamento assenta-se sobre argumentos de três ordens: (a) etimológica, (b) filosófica e (c) empírica. Este último argumento, por sua vez, desvela três fatores na constituição do professor universitário entusiasmado. São eles, (a) respeitoso e sábio, (b) comprometido e exigente e (c) informal.

 

Biografia do Autor

Sonia Carvalho Leme Moura Véras, Instituto Federal de Brasília

Doutoranda em Educação pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Possui mestrado em Educação pela UCB e MBA em Gestão Educacional. Tem experiência nas áreas de docência, coordenação pedagógica, orientação educacional, gestão educacional, educação a distância, produção de material didático, tutoria e revisão textual, seja na Educação Básica, seja no Ensino Superior. Atua na área de gestão de pessoas na Diretoria de Capacitação do Instituto Federal de Brasília.

Cristiane Faiad de Moura, Universidade de Brasília

Possui graduação, mestrado e doutorado em Psicologia pela Universidade de Brasília. É professora Departamento de Psicologia Clínica da Universidade de Brasília, do Programa de Pós Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações e atual coordenadora do curso de graduação em psicologia da UnB. Atuou como assistente técnica em perícias de Avaliação Psicológica pela União e na elaboração de Análise Profissiográfica (Estudo Científico do Cargo) e Mapeamento de Competências em Segurança Pública no Brasil. Trabalha na área de Avaliação Psicológica. É coordenadora do Grupo de Pesquisa em Avaliação Psicológica em Segurança Pública e Privada, fundado em 2009. Atualmente coordena o Laboratório de Pesquisa em Avaliação e Medida (LabPAM/UnB). É Psicometrista, com experiência em Construção e Validação de Testes, Escalas e Outras Medidas Psicológicas, em Seleção de pessoal (pública e privada) e Gestão de Pessoas.

Jaqueline Fonseca Rodrigues

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da Universidade Católica
de Brasília (UCB). Licenciada em Pedagogia pela Faculdade Albert Einstein de Brasília. Graduada em Relações Internacionais pela Universidade Católica de Goiás. Atualmente, leciona no curso de Pedagogia do Centro Universitário UniProjeção e na Pós-Graduação em Educação do Centro de Aprendizagem e Aperfeiçoamento Profissional Superior em Brasília (CAAPS).

Tatiana Moreira, Universidade de Brasília

Psicóloga formada pela Universidade de Brasília (2006), especialista em Gestão de Pessoas (2007) e mestre e doutoranda em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (2011) pela mesma instituição. Atua como docente na nas Faculdades Integradas IESGO. Tem experiência em ensino e pesquisa, gestão de pessoas, saúde no trabalho, avaliação educacional, avaliação institucional, avaliação de programas, avaliação psicológica e coordenação de projetos.

José Florêncio, Universidade de Brasília

Mestre e Doutor pela Emory University, Atlanta, Georgia, EUA. nos últimos 20 anos foi professor da Universidade de Brasília e da Universidade Católica de Brasília. Membro da American Educational Research Association desde 1980. Publicou cinco livros na área de Educação, particularizando a capacitação de docentes da Educação Superior.   

Publicado
2019-10-01
Como Citar
Carvalho Leme Moura Véras, S., Faiad de Moura, C., Fonseca Rodrigues, J., Moreira, T., & Florêncio Rodrigues Júnior, J. (2019). O professor entusiasmado . Revista De Educação ANEC, 46(159), 31-52. https://doi.org/10.22560/reanec.v46i159.224