O letramento, os multiletramentos e as mediações metodológicas: três aspectos das aprendizagens de leitura no trilho da BNCC

Autores

  • Maria Leoneide Rodrigues de Almeida REDE SALESIANA BRASIL DE ESCOLAS

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v47i160.269

Palavras-chave:

BNCC. Letramento. Multiletramentos. Mediações metodológicas.

Resumo

Com a BNCC, surge a necessidade de abordar os aspectos das aprendizagens de leitura, pois, embora o termo “letramento” seja bastante disseminado no ambiente escolar brasileiro e também entre os educadores, ainda é um tanto desconhecido pela maior parte das pessoas nas comunidades escolares, sobretudo agora com a nova dimensão de seu sentido com a inserção do termo “multiletramentos”. O objetivo deste estudo é promover uma reflexão acerca das concepções de letramento e dos multiletramentos e do quanto as diversas abordagens metodológicas são mais significativas para a construção e o desenvolvimento desses processos. Foram apresentadas as convergências dessas concepções com as orientações da BNCC, quando esta discorre sobre os procedimentos de leitura como objeto do trabalho docente de todas as áreas de conhecimento. Para o alcance desse propósito, a opção metodológica foi buscar na literatura os aspectos conceituais que servissem de base para essa reflexão, fundamentados com dados de pesquisas. A expectativa é que se promova uma compreensão de que as práticas sociais da leitura e da escrita são complexas; logo, devem ser consideradas as
situações diversas e adversas dos contextos e culturas, as mediações metodológicas mais significativas a partir da concepção de letramento e dos multiletramentos, para ultrapassar a maneira abstrata e universal com que os atores da Educação Básica tratam esses processos das aprendizagens de leitura em suas comunidades escolares.

Biografia do Autor

Maria Leoneide Rodrigues de Almeida, REDE SALESIANA BRASIL DE ESCOLAS

Mestrado em Educação. Especialista em Língua Portuguesa, Psicanálise e Educação. Graduada em Letras. Professora há 36 anos, com experiência em docência e gestão pedagógica na Educação Básica e Superior. Autora de módulos de estudo em graduação na área de Leitura e Produção de Texto Acadêmico (LPTA), Metodologia do Ensino da Língua Portuguesa, Literatura Infantil, Docência no Ensino Superior e Metodologia da Pesquisa. Organizadora do documento de referência da área de linguagens e códigos para o Sistema Marista de Avaliação. Experiência de mais de uma década como orientadora de pesquisas em Instituições de Ensino Superior privadas do Distrito Federal. Como coordenadora pedagógica em Brasília, possui as seguintes experiências: coordenadora pedagógica de uma rede de escolas, na qual implantou o projeto de práticas de
leitura, letramento e multiletramentos, intitulado “Ler para Ser”; coordenadora do Departamento de Letramento do Centro Universitário IESB; coordenadora pedagógica da Comissão de Implantação do Novo Ensino Médio em Tempo Integral da SEE-DF. Na gestão da educação, foi diretora da Educação de Jovens e Adultos da SEE-DF. Atualmente, é assessora pedagógica da Rede Salesiana Brasil de Escolas.

Publicado

2019-12-22

Como Citar

Rodrigues de Almeida, M. L. . (2019). O letramento, os multiletramentos e as mediações metodológicas: três aspectos das aprendizagens de leitura no trilho da BNCC. Revista De Educação ANEC, 47(160), 11-31. https://doi.org/10.22560/reanec.v47i160.269