http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/issue/feed Revista de Educação ANEC 2019-12-17T17:49:49-03:00 Fabiana Deflon dos Santos Gonçalves revistaeducacao@anec.org.br Open Journal Systems <p>A Revista de Educação ANEC se inclui no esforço concreto da realização do planejamento estratégico da associação, centrado na concepção humanizadora da Educação. Para isso, está sempre atenta às preocupações, desafios, questionamentos e saberes que caracterizam a educação. Evidencia o compromisso político, social e de transformação no âmbito da educação básica e superior, que se fundam na indissociabilidade do ensino, da pesquisa, da extensão e da gestão das Instituições Católicas de Educação.</p> http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/259 Revista Completa 2019-12-17T13:21:46-03:00 2019-12-12T20:46:35-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/262 Folha de Rosto 2019-12-17T13:21:49-03:00 2019-12-12T20:38:57-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/263 Expediente 2019-12-17T13:21:49-03:00 2019-12-12T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/260 Sumário 2019-12-17T13:21:49-03:00 2019-12-12T20:41:38-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/264 Editorial 2019-12-17T13:21:49-03:00 2019-12-12T20:09:24-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/240 Uma educação para um mundo em constante transformação 2019-12-17T13:21:49-03:00 Anelise Pereira Sihler anelisep@ucb.br Bernadete Moreira Pessanha Cordeiro bernadete@ucb.br Sandra Mara Souza Bessa sandra.bessa@ucb.br <p>Este artigo tem por objetivo apresentar caminhos que possibilitem refletir sobre a formação de professores e repensá-la em uma sociedade em constante mudança. Por meio de uma revisão integrativa a partir de fontes bibliográficas e dados institucionais, procurou-se reunir pressupostos teóricos, instrumentos, documentos e<br>perspectivas, mundiais e nacionais, que poderão colaborar para as Instituições de Ensino Superior no desafio de construir uma docência que, apesar de imersa nas tecnologias, seja mais humana.</p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/224 O professor entusiasmado 2019-12-17T17:49:49-03:00 Sonia Carvalho Leme Moura Véras veras.sonia@gmail.com Cristiane Faiad de Moura crisfaiad@gmail.com Jaqueline Fonseca Rodrigues jaquelinefrodrigues@hotmail.com Tatiana Moreira tatiana.moreira@gmail.com José Florêncio Rodrigues Júnior florenciomeister@gmail.com <p>O estudo do entusiasmo docente, cuja origem se situa aproximadamente na década de 1950, pôs em destaque os gestos como um indicador daquele construto. Neste texto, revisamos estudos&nbsp; categorizados como experimentais e <em>ex post facto</em>, os quais se propõem dar contornos ao construto entusiasmo docente. Por outro lado, modificando o curso de exploração sobre o entusiasmo docente, procuramos estabelecer a proposição, segundo a qual, o entusiasmo manifesto por professores universitários deve ser visto como tendo sua origem nas camadas profundas da natureza humana e não na exterioridade do gesto. Nosso posicionamento assenta-se sobre argumentos de três ordens: (a) etimológica, (b) filosófica e (c) empírica. Este último argumento, por sua vez, desvela três fatores na constituição do professor universitário entusiasmado. São eles, (a) respeitoso e sábio, (b) comprometido e exigente e (c) informal.</p> <p>&nbsp;</p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/252 Criatividade 2019-12-17T13:21:50-03:00 Lilian Vieira da Rocha Ribeiro lilyrocharibeiro@gmail.com Ignacio Aguaded director@grupocomunicar.com Mari Carmen Caldeiro Pedreira maricarmen@gmail.com <p>Tendo em vista as profundas modificações pelas quais as sociedades estão passando nas últimas décadas, principalmente com o desenvolvimento das tecnologias de informação e comunicação, este artigo apresenta a criatividade como elemento-chave para adaptar-se às mudanças. A criatividade desempenha um papel<br>determinante nos processos de adaptação dos indivíduos ao meio em que vivem. O pensamento criativo supõe uma atitude, uma perspectiva, que leva a procurar ideias, manipular conhecimento e experiência. Assim, após apresentar o que deve ser entendido por criatividade, aponta-se a necessidade de uma educação criativa e discutem-se alguns aspectos relevantes sobre a escrita criativa, apresentando, ao final, algumas sugestões de textos e jogos criativos.</p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/202 Afetividade e conflito na relação mâe e filho e desempenho na escrita no Ensino Fundamental 2019-12-17T13:21:50-03:00 Maria de Lourdes de Souza Duarte mariadelourdes.sd66@gmail.com Carolina Ferreira Barros Klumpp carolfbk@gmail.com Márcia Siqueira de Andrade marciandrade.ilapp@gmail.com <p>Esta pesquisa tem como objetivo verificar se a qualidade da relação mãe-filho interfere no desempenho da escrita do aluno. Trata-se de estudo transversal, correlacional. Participaram deste estudo 88 crianças de ambos os sexos, com idades variando entre 9 e 11 anos, matriculadas no Ensino Fundamental I e II de instituições de ensino da rede pública e da rede privada, localizadas na região oeste da Grande São Paulo. Os instrumentos utilizados para a coleta de dado foram: teste das matrizes coloridas de Raven, teste de avaliação de dificuldades na aprendizagem da escrita e o teste familiograma. A análise de dados foi realizada por meio de estatística descritiva e inferencial. Os resultados mostraram que não houve correlação estatisticamente significativa entre<br>o desempenho da escrita da criança e a qualidade da relação mãe-filho. Conclui-se que a família, bem como o papel da mãe, pode ser mais necessária, no que se refere ao aprendizado da escrita, no período de alfabetização.</p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/251 Aportaciones de la Laudato si’en el contexto de la Agenda 2030 para el desarrollo sostenible 2019-12-17T13:21:51-03:00 Sílvia Albareda Tiana salbareda@uic.es <p>El Papa Francisco se ha involucrado en acuerdos internacionales sobre Desarrollo Sostenible que se han realizado en 2015 y, como precedente ha publicado la encíclica social Laudato si´. La encíclica aporta la visión del planeta como la casa común, un enfoque integral de la ecología o sostenibilidad, una invitación al diálogo interreligioso en materia de sostenibilidad y una llamada a la conversión ecológica. Cuando el Papa invita a esta transformación, está invitando a un cambio de visión y de conducta. En definitiva, a un cambio de paradigma. Salir de una visión miope y reduccionista, que no es capaz de analizar las consecuencias de las propias acciones y pasar a una visión global y planetaria que se refleja en una conducta de respeto, cooperación, austeridad y cuidado.<br><br></p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/209 Dos navios negreiros para a sala de aula em escolas religiosas 2019-12-17T13:21:51-03:00 Diego Andrade de Jesus Lelis diegolellis09@hotmail.com <p>A religião é parte constituinte do arcabouço social, cultural e espiritual de um povo. Cada nação, a partir de suas necessidades e crenças, desenvolve um modo de se comunicar com suas divindades e, como valor, carrega consigo essa identidade religiosa. Assim, não foi diferente com os seres humanos que, escravizados no continente africano, foram trazidos, forçadamente, para terras brasileiras. Contudo, em um país marcado<br>pelo cristianismo, a manutenção de outra cultura religiosa não ocorreu com tanta tranquilidade ao longo da história. Se religiões africanas e de matriz afro-brasileira foram deixadas sempre à margem, pouco a pouco elas vêm, com muito esforço, ganhando espaço no meio acadêmico e escolar. Por isso, tem-se como objetivo para este trabalho apresentar, ainda que de forma panorâmica, os caminhos percorridos pela cultura e<br>religiões, em especial o candomblé, desde os navios negreiros até as escolas, bem como promover a reflexão sobre a sua inserção como meio de formação da pessoa humana. Para alcançar tais objetivos, foi realizada uma revisão bibliográfica em livros e artigos disponíveis em meios eletrônicos e em acervo pessoal referente às temáticas que tratam sobre as religiões de matrizes africana, sua história, concepção teológica, organização ritual.<br>e inserção nos programas de ensino da Educação Básica no Brasil. Assim, por meio<br>da análise de vários autores, como Edgar Morin, Miguel Arroyo, Oder J. dos Santos,<br>Milton Santos e Mauro Meirelles, discute-se sobre a necessidade de a escola estar cada<br>vez mais atenta em responder à parcimônia do ser humano diante da realidade daqueles<br>que saem das margens sociais e começam a reivindicar o seu lugar de direito na história.<br><br></p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/226 A Coletânea Cenecista 2019-12-17T13:21:52-03:00 ARTHUR RODRIGUES DE LIMA limarthur5@gmail.com <p>O presente artigo, partindo da possibilidade de analisar os escritos institucionais produzidos pela Campanha Nacional de Escolas da Comunidade (CNEC), teve como objetivo refletir sobre a produção de uma memória educacional e institucional da Campanha, que buscou produzir uma identidade homogênea sobre a história da<br>instituição, a ser incorporada por todos os sujeitos que integravam a Rede. Por meio da leitura dos textos contidos na Coletânea Cenecista, foi problematizado, a partir da metodologia da análise de discursos, como a publicação de tal impresso esteve relacionada à produção de uma memória institucional sobre a Rede com base em uma história laudatória e apologética, que visou estabelecer modos de lembrar e contar a história da<br>instituição e a vida de seus fundadores. Ademais, atua como elemento definidor de uma pedagogia normativa, destinada a produzir exemplos e testemunhos a serem seguidos por alunos, professores e demais membros de suas comunidades escolares, enquanto sujeitos ideais da causa cenecista.<br><br></p> 2019-12-12T14:28:13-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/195 Repensando a prática docente 2019-12-17T13:21:52-03:00 Daiane Lima Virgili Coelho dai_virgili@hotmail.com Bartholomeo Barcelos bartholomeo.barcelos@ifsc.edu.br <p>A pesquisa em tela apresenta como percurso metodológico uma intervenção oriunda da proposta pedagógica de formação de professores do curso de Especialização em Docência para a Educação Profissional do Instituto Federal de Santa Catarina, no Centro de Educação Profissional Getúlio Vargas, na cidade de São Miguel do Oeste, Santa Catarina, dentro da disciplina de Conservação de Solo e Água, no período de abril a outubro de 2018. Tem por objetivo repensar a prática docente a partir da inserção das tecnologias da informação e comunicação (TICs) na educação profissional, bem como sua influência no processo de ensino e aprendizagem dos educandos. Para tal, a intervenção consistiu na utilização de diferentes mídias no contexto escolar, tais como: Google Classroom, Kahoot e Plickers. Os resultados foram o uso do Google Classroom como possibilidade de local para publicação de estudo dirigido, o Kahoot para revisão de conteúdos curriculares e o Plickers como aplicativo que possibilita fazer avaliação de conteúdos. Observou-se que a intervenção apresentou uma satisfatória participação dos alunos, o que demonstra que a inserção de TICs enquanto ferramenta pedagógica é eficaz na prática docente, influenciando positivamente o processo de ensino e aprendizagem e a formação profissional.<br><br></p> 2019-10-01T00:00:00-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC http://revistas.anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/214 A formação no Grupo Escolar João Alcântara em Porteirinha/ MG quanto à atuação do projeto educativo católico (1938-1958) 2019-12-17T13:21:52-03:00 Wilney Silva wilney.silva@ifnmg.edu.br Armindo Quillici Neto armindo@ufu.br <p>O presente trabalho tem como objetivo verificar a influência dos preceitos da Igreja Católica na educação em Porteirinha/MG durante o período de 1938 a 1958. O recorte coincide com os primeiros vinte anos da emancipação política da cidade e com a instalação da sede da paróquia, ação que propiciou maior aproximação da Igreja com a sociedade local. O texto foi dividido da seguinte forma: no primeiro momento, são mostrados a influência e o avanço do catolicismo na família e na ação política; no segundo momento, a fim de entender o projeto de formação das crianças, enfocou-se no Grupo Escolar João Alcântara, maior instituição escolar da cidade. Para a constituição dessa tarefa, utilizou-se da análise de fontes documentais localizadas em livros de reuniões de professores, livros de visitas de inspetores, recortes de jornais, leis e decretos do<br>poder executivo, fotografias e livros do Tombo da Paróquia da cidade. Como resultados, afirma-se que a Igreja Católica imprimiu uma moral restauradora dos valores cristãos na sociedade local de então, uma vez que as orientações/ações religiosas, como Semana Santa, Mês de Maria, Festa de São Joaquim, repetiam-se ano após ano dentro do espaço público do Grupo Escolar. Esses indícios fazem crer que a escola formava o cidadão e<br>o cristão, o futuro trabalhador disciplinado e o futuro chefe de família, com seu caráter moldado de acordo com os preceitos católicos.<br><br></p> 2019-12-12T15:08:04-03:00 Copyright (c) 2019 Revista de Educação ANEC