A produção de sentido em jovens secundaristas í  luz da teoria de Viktor Frankl

Autores

  • José Lucas Duarte Universidade La Salle
  • Paulo Fossatti Universidade La Salle

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v48i161.275

Palavras-chave:

Educação Básica. Juventudes. Produção de sentido. Viktor Frankl.

Resumo

O presente estudo aborda o tema da produção de sentido na vida de jovens
secundaristas do Ensino Médio. Objetiva analisar fatores intervenientes nas escolhas pessoais e profissionais dos estudantes de uma escola estadual do Sul do Brasil. De metodologia qualitativa, a coleta de dados se deu por questionário em escala Likert e
questões abertas, além do diário de campo e revisão de literatura, principalmente em Viktor Frankl e seus comentadores. A análise do material considera Bardin em sua proposta de análise de conteúdo. Os resultados apresentaram jovens que buscam apoio em familiares para tomada de decisão pessoal e profissional; exercí­cio de relativa autonomia
e responsabilidade diante dos desafios da vida profissional; capacidade de fazer escolhas, mesmo na adversidade; vontade de sentido no exercí­cio da autonomia, da responsabilidade e da dor e alegria das escolhas; necessidade de formação continuada para
consolidar a produção de sentido. Conclui-se pelo desenvolvimento e consolidação do valor da produção de sentido, da autonomia e responsabilidade, tanto na vida pessoal e profissional, não somente na juventude, mas em todas as faixas etárias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Lucas Duarte, Universidade La Salle

Graduado em Psicologia pela Universidade La Salle. Pós-graduado em Orientação Escolar pela
Faculdade Venda Nova do Imigrante (FAVENI).

Paulo Fossatti, Universidade La Salle

Doutor em Educação pela Pontifí­cia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS)
(2009). Pós-doutor em Ciências da Educação e pesquisador associado da Universidade do Algarve
(2011). Graduado em Filosofia (1993) e em Psicologia (1997) pela Universidade do Vale do
Rio dos Sinos. Especialista em Administração Escolar pela Unilasalle Canoas/RS (1999). Mestre
em Psicologia Social e Institucional pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
(2002). Consultor ad hoc do CNPq. Coordenador do projeto de pesquisa "Gestão das universidades
brasileiras para a inovação: cenários, oportunidades e estratégias".

Downloads

Publicado

2020-10-19