Desenhos curriculares por desenvolvimento de competências no Ensino Superior

Autores

  • Aparecida Frigeri Berchior

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v49i162.344

Resumo

Este trabalho busca refletir acerca da formação no Ensino Superior, a partir de estudos de currículo que se fundamentam nas Diretrizes Curriculares Nacionais
de cursos de graduação e seu alinhamento com os pilares propostos pela UNESCO
para a educação no século XXI. Nesse contexto, discute sobre desenhos curriculares
que atendam às demandas da sociedade do conhecimento, considerando uma formação
profissional e humanista, cujo princípio desencadeador é uma matriz de referência de
formação por competências. A representação da matriz referencial gênese se expressa
na estrutura do currículo, por meio de referenciais formativos, alicerçada em níveis de
complexidade, resultantes da inter-relação conhecimento-competências, em uma concepção dada por Perrenoud. Ao se construírem desenhos curriculares dessa natureza,
reflete-se a respeito do seu desenvolvimento no processo ensino e aprendizagem, assumindo as metodologias ativas como determinantes para a aquisição de competências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aparecida Frigeri Berchior

Doutora em Letras; atua na implementação de currí­culos por competências e em capacitação de docentes. 

Referências

ANASTASIOU, Léa das Graças. Grade e matriz curricular: conversas em torno

de um desafio presente na educação superior. In: FREITAS, Ana Lúcia Souza

de et al. (org.). Capacitação docente: um movimento que se faz compromisso.

Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

AUSUBEL, David. Educational psychology: a cognitive view. Nova York:

Holt, Rinehart and Winston, 1968.

AUSUBEL, David; NOVAK, Joseph; HANESIAN, Helen. Psicologia educacional. Tradução de Eva Nick e outros. Rio de Janeiro: Interamericana, 1980.

BORDENAVE, Juan Diaz; PEREIRA, Adair Martins. Estratégias de ensino

aprendizagem. 31. ed. Petrópolis: Vozes, 2011.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e

bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez.

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Acesso em: 3 jun. 2020.

DELORS, Jacques et al. (org.). Educação: um tesouro a descobrir. Relatório

para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século

XXI. São Paulo: Cortez, 2001.

DEWEY, John. Vida e educação. 10. ed. São Paulo: Melhoramentos, 1978.

DEWEY, John. Experiência e educação. 3 ed. São Paulo: Ed. Nacional,

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 25. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra,

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 50. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

MEAD, Margaret. L’adolescente in una società primitiva. Firenze: Ed. Universitária, 1968.

MOREIRA, Antônio Flávio et al. Indagações sobre o currículo: currículo,

conhecimento e cultura. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2007.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto

Alegre: Artmed, 1999.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documentos de identidade: uma introdução às

teorias curriculares. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

VYGOTSKY, Lev. A formação social da mente. Rio de Janeiro: Martins

Fontes, 1996.

VYGOTSKY, Lev. Psicologia pedagógica. São Paulo: Martins Fonte, 2004.

Downloads

Publicado

2021-03-17