Diálogo em Ternura

Educar para escutar com amorosidade

Autores

  • Boareto Puc-Campinas

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v51i164.398

Palavras-chave:

polarização, diálogo, antropologia teológica, fratelli tutti, ternura, Listening. Fraternity. Lovingness. Dialogue.

Resumo

O texto aborda a polarização a partir do contexto da Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2021. Considerando a mensagem do Papa Francisco por ocasião
da Campanha da Fraternidade, ele afirmou que, às vezes, parece que estamos diante de
um mundo surdo. À proposta de uma conversão ao diálogo, reconhecemos que a base
do diálogo é a escuta. Para refletir sobre a escuta, oferecemos uma conceituação a partir
da lectio divina. A escuta deve ser com amorosidade, e, para isso, refletimos sobre o dom
do Espírito: a amabilidade (amorosidade) segundo a teologia paulina, o que pode ser
apreendido na carta encíclica Fratelli Tutti. Essa escuta com amorosidade só é possível
ocorrer no ser humano desde o reconhecimento de sua condição humana, enquanto é
chamado a “poder ser” ternura, e só na ternura manifestada por Cristo na Cruz o homem/mulher encontra o sentido da sua existência e também da própria história. Queremos com este artigo contribuir para uma reflexão de antropologia teológica que nos
ajude a reconhecer valores antes evidentes nos relacionamentos interpessoais e sociais,
os quais se fazem necessários de ser aprendidos novamente para que possamos, assim,
realizar processos para o diálogo em ternura, enquanto exercício da educação para escutar com amorosidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Boareto, Puc-Campinas

Doutor em Ciência da Religião pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Referências

ASSUNÇÃO, Rudy Albino. Bento XVI, A Igreja Católica e o “espírito da modernidade”. Uma análise do papa teólogo sobre o “mundo de hoje”. São Paulo: Paulus, 2018.

BADILLA, Luis. “Últimas conversas”: o livro autobiográfico de Bento XVI. Instituto Humanitas Unisinos, São Leopoldo, 4 jul. 2016. Disponível em: http://www.ihu.unisinos.br/185-noticias/noticias-2016/557235-qultimas-conversasq-o-livro-autobiografico-de-bento-xvi. Acesso em: 10 fev. 2021.

BENTO XVI, Papa. Carta Encíclica Caritas in veritate. Sobre o desenvolvimento humano e integral na verdade e na caridade. São Paulo: Paulinas, 2009. (Coleção Voz do Papa).

BENTO XVI, Papa. Discurso do Papa Bento XVI para o encontro na universidade de Roma “La Sapienza”. Vaticano, 17 jan. 2008. Disponível em: http://www.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/speeches/2008/january/documents/hf_ben-xvi_spe_20080117_la-sapienza.html. Acesso em: 10 fev. 2021.

BOARETO, José Antonio. Laudato Si’. Fundamentação teológica. Cadernos de Fé e Cultura, Campinas, v. 2, n. 1, p. 5-13, jan./jun. 2017. Disponível em: https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/seer/index.php/cadernos/article/view/3938/2435. Acesso em: 10 fev. 2021.

COVOLO, Enrico Dal. Na escuta do outro. Exercícios espirituais com Bento XVI. Brasília: Edições CNBB, 2013.

FRANCISCO, Papa. Carta Encíclica Laudato Si’. Sobre o cuidado com a Casa Comum. São Paulo: Paulina, 2015. (Coleção Voz do Papa).

FRANCISCO, Papa. Exortação apostólica pós-sinodal Amoris Laetitia. Sobre o amor em família. São Paulo: Paulinas, 2016a. (Coleção Voz do Papa).

FRANCISCO, Papa. Discurso do papa Francisco na abertura do Congresso Eclesial da Diocese de Roma. Basílica de São João de Latrão, 16 jun. 2016b. Disponível em: https://www.vatican.va/content/francesco/pt/speeches/2016/june/documents/papafrancesco_20160616_convegno-diocesi-roma.html. Acesso em: 10 fev. 2021.

FRANCISCO, Papa. Carta Encíclica Fratelli Tutti. Sobre a fraternidade e a amizade social. São Paulo: Paulinas, 2020a. (Coleção Voz do Papa).

FRANCISCO, Papa. Exortação apostólica pós-sinodal Querida Amazônia. Ao povo de Deus e a todas as pessoas de boa vontade. São Paulo: Loyola, 2020b.

FRANCISCO, Papa. Mensagem do Papa Francisco por ocasião da Campanha da Fraternidade 2021. Vatican News, Vaticano, 17 fev. 2021. Disponível em: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-02/mensagem-do-papa-francisco-ocasiao-dacampanha-da-fraternidade.html. Acesso em: 10 fev. 2021.

GISOTTI, Alessandro. Os jovens, os idosos e a profecia de Joel. Vatican News, Vaticano, 24 jul. 2020. Disponível em: https://www.vaticannews.va/pt/ vaticano/news/2020-07/jovens-idosos-papa-francisco-magisterio.html. Acesso em: 10 fev. 2021.

HABERMAS, Jurgen; RATZINGER, Joseph. Dialética da secularização. Sobre razão e religião. 3. ed. Aparecida: Ideias & Letras, 2007.

KLEIN, Cristian. “Atitudes fanáticas e radicais são vistas como solução”. Valor Econômico, 1 mar. 2021. Disponível em: https://valor.globo.com/politica/noticia/2021/03/01/atitudes-fanaticas-e-radicais-sao-vistas-como-solucao.ghtml. Acesso em: 10 fev. 2021.

MAFFESOLI, Michel. O tempo das tribos. O declínio do individualismo nas sociedades de massas. 4. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2006.

PONDÉ, Luiz Felipe. Guia politicamente incorreto da filosofia. São Paulo: Leya, 2012.

RIOS, Alan. Religiões de matriz africana são alvos de 59% dos crimes de intolerância. Correio Braziliense, 11 nov. 2019. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2019/11/11/interna_cidadesdf,805394/religioes-de-matriz-africana-alvos-de-59-dos-crimes-de-intolerancia.shtml. Acesso em: 10 fev. 2021.

ROCHETTA, Carlo. Teologia da ternura. Um “evangelho” a descobrir. São Paulo: Paulus, 2014. (Coleção Teologia Sistemática).

SARAIVA, Alessandra. Papa Francisco defende fortalecimento de diálogo entre as gerações. Valor Econômico, 26 jul. 2013. Disponível em: https://valor.globo.com/politica/noticia/2013/07/26/papa-francisco-defende-fortalecimento-de-dialogo-entre-geracoes.ghtml. Acesso em: 10 fev. 2021.

SORGE, Bartolomeo. Breve curso de doutrina social. São Paulo: Paulinas, 2018.

SPADARO, Antonio. La diplomazia di Francesco. La misericordia come processo politico. La Civilta Cattolica, Roma, Quaderno 3975, p. 209-226, fev. 2016. Disponível em: https://www.laciviltacattolica.it/articolo/la-diplomazia-di-francesco-la-misericordia-come-processo-politico/. Acesso em: 10 fev. 2021.

STEINER, George. Nenhuma paixão desperdiçada. Rio de Janeiro: Record, 2018.

VON ZUBEN, Newton A. Vulnerabilidade e finitude. A ética do cuidado do outro. Síntese, Belo Horizonte, v. 39, n. 125, p. 433-456. set/dez. 2012. Disponível em: http://www.faje.edu.br/periodicos/index.php/Sintese/article/view/1857/2163. Acesso em: 10 fev. 2021.

WENGST, Klaus. Pax romana: pretensão e realidade. São Paulo: Paulinas, 1991. (Coleção Bíblia e Sociologia).

Downloads

Publicado

2022-04-27