O diálogo como um procedimento pedagógico transversal

Autores

  • Luiz Sí­veres Universidade Católica de Brasí­lia

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v51i164.401

Palavras-chave:

Educação., Diálogo , Transversal

Resumo

O diálogo, como um procedimento pedagógico transversal, será compreendido como um jeito de ser, uma maneira de saber e uma forma de agir. Essa dinâmica tridimensional, que compreende as dimensões antropológica, epistemológica e
pedagógica, respectivamente, é uma característica essencial do projeto educativo. O cenário atual e, em decorrência, a proposta educacional se apresentam, porém, com
características dualistas e fragmentadas, fazendo emergir o questionamento: como desenvolver um procedimento pedagógico transversal em um contexto educacional monológico e disciplinar? Para responder a esse desafio, este texto tem por objetivo investigar a relevância do diálogo como um procedimento transversal, articulando o ser, o saber e o agir pedagógico na formação do educador e do educando. Considerando, portanto, essa abordagem, o método fenomenológico foi seguido, tanto para a teoria quanto para a empiria, por meio da compreensão do sentido e da interpretação dos dados da entrevista semiestruturada. Com base na revisão da literatura e na análise dos dados, pode-se concluir que o processo de ensino e aprendizagem,
quando mediado pelo diálogo, pode contribuir com o significado educacional e com o sentido existencial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Sí­veres, Universidade Católica de Brasí­lia

Pós-doutor em Educação e Psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
(PUC-SP). Doutor em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade de Brasília (UnB). Mestre
em Educação pela Universidade Católica de Brasília (UCB). Licenciado em Filosofia pela
Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Especialista em Aprendizagem Cooperativa
e Tecnologias Educacionais pela UCB e especialista em Psicoterapia Junguiana pela Faculdade
de Saúde de São Paulo. Foi pró-reitor de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação. Atualmente,
é professor/pesquisador permanente do Programa de Mestrado e Doutorado em Educação da
UCB. 

Referências

ARISTÓTELES. Ética a Nicômaco. São Paulo: Martin Claret, 2004.

BALBINOT, Rodinei. Ação pedagógica: entre verticalismo pedagógico e práxis dialógica. São Paulo: Paulinas, 2006.

BUBER, Martin. Eu e Tu. 8. ed. São Paulo: Centauro, 2001.

BURBULES, Nicholas. Dialogue in teaching: theory and practice. New York: Teachers College Press, 1993.

CAMPOS, Pedro Ortega. Educar perguntando. Ajuda filosófica na escola e na vida. São Paulo: Paulinas, 2008.

DALBOSCO, Claudio Almir. Pedagogia filosófica: cercanias de um diálogo. São Paulo: Paulinas, 2007.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método II. Complementos e índice. 4. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. São Paulo: Atlas, 2012.

GUILHERME, Alexandre; MORGAN, W. John. Philosophy, dialogue, and education. Nine modern European Philosophers. London: Routledge, 2018.

LACROIX, Alain. A razão. Análise da noção, estudo de textos: Platão, Aristóteles, Kant, Heidegger. Petrópolis: Vozes, 2009.

METHA, Sonia. Pequenas e grandes histórias: para além de teorias em disputa, rumo ao “Multiálogo”. In: COWEN, Robert; KAZAMIAS, Andreas; UNTERHALTER, Elaine (org.). Educação comparada. Panorama internacional e perspectivas. Brasília: UNESCO, CAPES, 2012. vol. 2, p. 647-669.

MURPHY, Daniel. Martin Buber’s philosophy of education. Guilford: Billing & Sons, 1988.

PLATÃO. Diálogos. Madrid: Gredos, 1981.

SWIDLER, Leonard; DURAN, Khalid; FIRESTONE, Reuven. Trialogue. Jews, christians and muslims in dialogue. New London, CT: Twenty Third Publications, 2007.

TEIXEIRA, Faustino Luis Couto. Buscadores do diálogo. Itinerários inter--religiosos. São Paulo: Paulinas, 2012.

GHIRALDELLI JÚNIOR, Paulo. Filosofia da educação. São Paulo: Ática, 2006.

HAN, Byung-Chu. Hiperculturalidade: cultura e globalização. Petrópolis: Vozes, 2019.

Downloads

Publicado

2022-04-27