Letramento digital e inclusão de estudantes com necessidades educacionais especiais

práticas pedagógicas durante a pandemia de covid-19

Autores

  • Deysiane Farias Pontes UNBEC
  • Marcela de Paolis Marista Centro-Norte
  • Marcella de Souza Cytrangolo Rayol Gomes Marista Centro-Norte

DOI:

https://doi.org/10.22560/reanec.v52i165.431

Palavras-chave:

Inclusão. Letramento digital. Necessidades educacionais especiais. Ferramentas educacionais digitais.

Resumo

Este estudo investigou o uso das tecnologias digitais educacionais para favorecer o processo de ensino e de aprendizagem de estudantes com necessidades educacionais especiais durante o período de ensino remoto e híbrido, na educação básica, em decorrência da pandemia de covid-19. Abordamos o período de proibição das atividades presenciais das escolas como um risco ao direito à educação de todas as crianças, adolescentes e jovens. Para isso, revisitamos legislações e normativas que garantem a permanência dos estudantes com necessidades educacionais especiais na educação básica. Foi identificado que o período de suspensão das atividades presencias nas escolas potencializou o uso das tecnologias digitais como uma das formas de continuidade dos processos de ensino e aprendizagem. Traçamos um panorama das tecnologias digitais potencializadas com o uso emergente na educação básica e em estratégias de inclusão a partir da experiência das 29 escolas da Rede Marista Centro-Norte. Também foram sistematizados os principais aprendizados e desafios das práticas de inclusão escolar, a partir da perspectiva de letramento digital, como formação essencial dos estudantes para o século XXI, de atendimento das competências gerais da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e da missão educativa da escola católica como espaço de inclusão e diversidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcela de Paolis, Marista Centro-Norte

Mestre pela Faculdade de Educação da Universidade de Brasília (UNB) na linha de pesquisa Políticas Públicas e Gestão da Educação. Graduação em História pela Universidade de São Paulo (USP) e especialização em gestão escolar pela Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). Pesquisa de mestrado sobre políticas e práticas de ampliação da jornada escolar na rede municipal de São Paulo, com financiamento da Capes. Atualmente, é analista educacional da rede de escolas do Marista Centro-Norte. 

Referências

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 5 out. 1988. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, 16 jul. 1990. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/ leis/l8069.htm. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 20 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Diretrizes Nacionais para a Educação Especial na Educação Básica. Brasília: MEC, SEESP, 2001. Disponível em: portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/diretrizes.pdf. Acesso em: 20 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília: MEC, 2008. Disponível em: portal. mec.gov.br/arquivos/pdf/politicaeducespecial.pdf. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei no 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 jun. 2014. Disponível: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato20112014/2014/lei/l13005.htm. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Parecer CP 2020. Disponível em: http:// portal.mec.gov.br/component/content/article/33371-cne-conselho-nacional--de-educacao/85201-parecer-cp-2020. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Presidência da República. Lei no 13.146, de 6 de julho de 2015. Insti- tui a Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da Pessoa com Deficiência). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 7 jul. 2015. Disponível em: www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm. Acesso em: 12 set. 2021.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 10 set. 2021.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação no contexto escolar: possibilidades. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/implementacao/praticas/cader-no-de-praticas/aprofundamentos/193-tecnologias-digitais-da-informacao-e-comunicacao-no-contexto-escolar-possibilidades. Acesso em: 12 set. 2021.

BUZATO, Marcelo El Khouri. Letramentos Digitais e Formação de Professores. In: CONGRESSO IBERO-AMERICANO EDUCAREDE, 3., 2006, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: CENPEC, 2006.

FRACCALVIERI, Bianca. Na educação habita a semente da esperança: Papa conclama a um novo Pacto Educativo Global. Vaticans News, 15 out. 2020. Disponível em: https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2020-10/papa-francisco-pacto-educativo-global-educao-esperanca.html. Acesso em: 12 set. 2021.

INSTITUTO RODRIGO MENDES. Protocolos sobre Educação Inclusiva durante a pandemia da Covid-19: um sobrevoo por 23 países e organismos internacionais. São Paulo: Instituto Rodrigo Mendes, 2020. Disponível em: institutorodrigomendes.org.br/wp-content/uploads/2020/07/protocolos-edu-cacao-inclusiva-durante-pandemia.pdf. Acesso em: 5 set. 2021.

MANTOAN, Maria Teresa Égler. Inclusão escolar: o que é? Por quê? Como fazer? São Paulo: Moderna, 2003.

MICROSOFT. Recursos de acessibilidade. Disponível em: https://www.microsoft.com/pt-br/accessibility/resources?activetab=pivot_1:primaryr7. Acesso em: 12 set. 2021a.

MICROSOFT. Digital Literacy. Disponível em: https://www.microsoft.com/en-us/digital-literacy. Acesso em: 12 set. 2021b.

MICROSOFT. Microsoft Learn Educator Center. Mergulhe profundamente no aprendizado com lições interativas e desenvolvimento profissional. Disponível em: https://docs.microsoft.com/pt-br/learn/educa-tor-center/?source=mec. Acesso em: 12 set. 2021c.

PACTO EDUCATIVO GLOBAL. Instrumentum Laboris. 2020. Disponível em: www.educationglobalcompact.org/resources/Risorse/instrumentum-laboris-pt.pdf. Acesso em: 5 set. 2021.

PAPA FRANCISCO. Mensagem do Papa Francisco para o lançamento do Pacto Educativo. Vaticano, 12 set. 2019. Disponível em: https://www.vatican.va/content/francesco/pt/messages/pontmessages/2019/documents/papa-francesco_20190912_messaggio-patto-educativo.html. Acesso em: 5 set. 2021.

SOCIEDADE BRASILEIRA DE PEDIATRIA. SBP atualiza recomendações sobre saúde de crianças e adolescentes na era digital. 11 fev. 2020. Disponível em: https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/sbp-atua-liza-recomendacoes-sobre-saude-de-criancas-e-adolescentes-na-era-digital/. Acesso em: 3 set. 2021.

TEIXEIRA, Patrícia Espíndola de Lima. Pacto Educativo Global: a oportunidade de (re)construção do diálogo com as novas gerações. Revista de Educação, Brasília, ano 43, n. 162, p. 45-60, jun./set. 2020. Disponível em: revistas. anec.org.br/index.php/revistaeducacao/article/view/374/193. Acesso em: 12

set. 2021.

UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Declaração Mundial sobre Educação para Todos: Satisfação das Necessidades Básicas de Aprendizagem. Jomtien, Tailândia: UNESCO, 1990. Disponível em: www.unicef.org/brazil/declaracao-mundial-sobre-educacao-para-todos-conferencia-de-jomtien-1990. Acesso em: 12 set. 2021.

UNESCO - Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. Declaração de Salamanca: sobre princípios, políticas e práticas na Área das Necessidades Educativas Especiais. Salamanca (Espanha), jun. 1994. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/salamanca.pdf. Acesso em: 20 set. 2021.

UNIÃO MARISTA DO BRASIL. Projeto Educativo do Brasil Marista: nosso jeito de conceber a Educação Básica. Brasília: UMBRASIL, 2010.

UNIÃO MARISTA DO BRASIL. Diretrizes Curriculares Maristas: Inclusão de

estudantes com necessidades educacionais especiais. Brasília: UMBRASIL, 2018.

Downloads

Publicado

2022-10-13