v. 52 n. 165 (2021): Educação, educação católica, inclusão e diversidade

					Visualizar v. 52 n. 165 (2021): Educação, educação católica, inclusão e diversidade

Nos últimos anos, muito se tem falado sobre humanismo solidário na educação católica: trata-se de uma formulação pedagógica e epistemológica que visa distinguir nossas opções do humanismo clássico, centrado no sujeito solipsista. O humanismo solidário aperfeiçoa o humanismo cristão pensado no começo do século XX e o atualiza para as novas consciências sociais do século XXI. Partindo desse princípio identitário, que caracteriza as instituições educacionais católicas, o número 165 da Revista de Educação da ANEC propõe refletir, com profundidade, o que significa inclusão e diversidade no contexto da educação confessional. Na esteira do Pacto Educativo Global, percebe-se a urgência de se promover uma educação verdadeiramente inclusiva e humanizada, que valorize a diversidade de raças, etnias, gêneros, religiões, dentre outras, como dom e que exorcize as mentalidades preconceituosas que consideram o outro como uma ameaça e/ou uma desonra.

Publicado: 2021-12-31

Edição completa