Chamada de submissão - Dimensão Pastoral da Educação e Arranjos Curriculares

2021-09-08

A Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), por meio do Setor de Animação Pastoral, torna pública a chamada de submissões de trabalhos para a Revista de Pastoral da ANEC, ISSN 2525-8230, edição Nº 13 (2022/1), com publicação prevista para junho de 2022, versão digital, com dossiê temático “Dimensão Pastoral da Educação e Arranjos Curriculares”.

O Conselho Editorial também receberá propostas de publicações de artigos para fluxo contínuo com temáticas que abranjam o escopo temático da Revista de Pastoral, sejam voltados à Educação Básica ou ao Ensino Superior.

As propostas de trabalhos deverão ser enviadas até o dia 01 de março de 2022, para o endereço eletrônico: pastoral@anec.org.br. No correio de envio, o assunto deve ser “Trabalho – Revista de Pastoral n. 13”. 

Descrição do Dossiê

As “Linhas de Ação Pastoral da ANEC” recordam que a preocupação pastoral sobre o currículo por parte das instituições confessionais deve-se ao fato de que nele se expressa a identidade da instituição. Silvareforça que os currículos são “documentos de identidade” que contém visões de mundo, concepções antropológicas e opções políticas. De forma geral, os currículos têm se transformado no Brasil desde a promulgação da BNCC em 2017 e têm sido remodelados a partir da concepção de habilidades e competências. Também emerge a questão do novo Ensino Médio, a necessidade de integrar os itinerários formativos e de se incluir processos mais explícitos de construção do projeto de vida. 

As escolas católicas se veem desafiadas a repensar os currículos fazendo cruzar as indicações legais e seus valores humano-cristãos. Para a educação católica, o currículo também é um instrumento de evangelização que focaliza a formação integral da pessoa humana em todas as suas dimensões e facetas. Há também que se considerar a dimensão social do currículo, pois como dizia Paulo Freire, “ninguém educa ninguém, como tampouco ninguém se educa a si mesmo: os homens se educam em comunhão, mediatizados pelo mundo”.   

O currículo evangelizador, segundo o Documento de Aparecida, é aquele que: “humaniza e personaliza o ser humano quando consegue que este desenvolva plenamente seu pensamento e sua liberdade”. Isto significa que, mantendo sua identidade, a instituição de ensino católica abre-se ao diálogo intercultural, comprometida com os “valores éticos e a dimensão de serviço às pessoas e à sociedade”, sendo testemunha autêntica de Jesus Cristo, visto que valoriza e enobrece a pessoa e sua cultura.  

Os artigos que comporão o dossiê da edição n. 13 da Revista de Pastoral e os relatos de experiência devem contemplar de alguma forma pelo menos um dos seguintes direcionamentos temáticos:

  • Currículo evangelizador (definições e alcances)
  • Competências e habilidades da BNCC em chave pastoral.
  • Implantação do Novo Ensino Médio e a dimensão pastoral.
  • Dimensão pastoral-social nas escolhas curriculares.
  • Currículo e a formação integral da pessoa humana.
  • Ecologia integral e o desenvolvimento pastoral dos currículos.
  • Interfaces entre o currículo do Ensino Religioso e a evangelização.

Cronograma

Publicação do edital: 01 de setembro de 2021

Deadline de envio dos textos: até 01 de março de 2022

Retorno dos parceiristas: 22 de abril de 2022

Previsão de publicação: 06 de junho de 2022

Condições de submissão, diretrizes para autores e orientações de formatação